Menu
Resenhas

Devoradores de Estrelas, de Andy Weir

Devoradores de estrelas
Livro Devoradores de Estrelas, de Andy Weir, publicado pela Editora Suma com tradução de Natalie Gerhardt

O que eu, Obama e Bill Gates temos em comum?! Nós lemos Devoradores de estrelas e adoramos!!!!

Ryland Grace é o único sobrevivente de uma desesperada missão de emergência – se ele falhar, toda a humanidade e o planeta Terra serão destruídos. Mas no momento ele não sabe disso. Ryland não se lembra nem do próprio nome, muito menos de sua missão ou de como cumpri-la. Tudo o que ele sabe é que dormiu por muito, muito tempo. E que despertou a milhões de quilômetros de casa, com apenas dois cadáveres como companhia.

Com os colegas de tripulação mortos e as memórias confusas retornando aos poucos, Ryland vai perceber a tarefa impossível que tem nas mãos. Viajando pelo espaço em sua pequena nave, cabe a ele descobrir a resposta para um enorme mistério científico – e derrotar a ameaça de extinção da nossa espécie. O tempo está acabando, e o humano mais próximo está a anos-luz de distância, então Ryland terá que fazer tudo isso sozinho. Ou será que não?

Fonte da Sinopse: Companhia das Letras
Devoradores de Estrelas

Devoradores de Estrelas me convenceu de primeira pelo autor, muito provavelmente você já ouviu o nome Andy Wier, estamos falando do mesmo autor de Perdido em Marte (um dos meus filmes favoritos) e do livro Artemis (que embora não seja tão hypado, vale muitíssimo a leitura) E que bom que foi assim, ganhei uma bela adição na lista dos favoritos.  

Se você gosta de histórias que passam no espaço, vem cá, anota essa dica porque com certeza você vai amar! Esse plot é redondinho, fechadinho e eu tô louca pra ver a adaptação no cinema, sim prepara  a pipoca, a máscara porque em breve Ryan Gosling assumirá a pele do professor Rayland Grace se eu pudesse dar uma dica seria : não leia nem a sinopse, só abre o livro e se joga na melhor odisseia no espaço que tivemos em 2021 !

O que eu achei de Devoradores de Estrelas

Nessa experiência de leitura vou compartilhar  a forma com que o livro é construído ao invés de dizer como o conteúdo me impactou! Pelo tom dessa trecho aí em cima já podemos nos situar perfeitamente no plot, Ryland é um cara que acorda numa espaçonave  SEM MEMÓRIA, com alguns cadáveres ao lado e com tubos ligados no corpo, pausa pro semi surto, voltando a  situação a maneira como a mente do Ryland funciona é o que vai te encantar e te surpreender ao longo da narrativa!

Devoradores de Estrelas, de Andy Weir
Livro Devoradores de Estrelas, de Andy Weir, publicado pela Editora Suma com tradução de Natalie Gerhardt

Estou em uma missão suicida. Apenas John, Paul, George e Ringo voltarão para casa, mas a minha estrada longa e sinuosa acaba aqui. Eu devia saber disso quando me ofereci como voluntário. Mas, para meu cérebro confuso pela amnésia, isso é novidade. Vou morrer aqui. E vou morrer sozinho.

A narrativa é dividida em duas linhas do tempo, a que Ryland vai (re)descobrindo quem é e qual a missão ele tem e a do passado que nos mostra o porquê e como ele chegou na missão. O desenvolvimento dessa história é o bom e velho sci-fi raiz , cheio de explicações científicas , mas calma aí, não vira o olho agora não , porque embora  haja um monte de explicações de conceitos bem complexos a mágica da escrita do Andy faz não só com que o protagonista seja um gênio, mas você também vai se achar um pouquinho gênio, porque tudo faz sentido!

Você, talvez assim como eu, no começo também ache o Ryland meio chato, diria até pessimista, mas ao longo do livro e com os plot que aparecem pelo caminho ( e são todos dignos de wooow) é a apatia ou o semi desespero com a possibilidade de falhar que deixa as camadas do personagem ainda mais verossímeis. caramba, para e pensa se você fosse o responsável pela ultima tentativa de salvar a humanidade como esse peso te cairia? A lógica das lembranças faz com que ele lentamente se lembre que foi enviado ao sistema solar Tau Ceti, a 12 anos-luz da Terra, para encontrar um meio de reverter um evento de escurecimento solar que poderá causar a extinção da humanidade.

Devoradores de Estrelas, de Andy Weir
Imagem retirada do Google

— Guerra, fome, peste e morte. O astrofágico é literalmente o apocalipse. A Hail Mary é tudo que temos agora. Eu farei qualquer sacrifício para aumentar as chances, um mínimo que seja, de a missão dar certo.
Eu me deitei na cama e virei de costas para ela.
— Se isso deixa a sua consciência limpa…”

O tom de sarcasmo e ao trechos que nos roubam gargalhadas fáceis são o ponto alto que costura a aventura; queria poder comentar diretamente alguns pontos da relação do Ryland e da tripulação ou com uma outra personagem mas são detalhes tão gostosinhos que de descobrir lendo que não vou estragar a experiência de leitura de ninguém , mas por favor leia e volte aqui para concordar comigo o quão legal é a Stratt.

Se toda essa minha empolgação com livros de temática espacial ainda não foi suficiente para te convencer, saiba que o titulo também levou o prêmio 2021 de Best Science Fiction, do Goodreads Choice Awards. 

 A questão é que, quando ideias idiotas funcionam, elas se tornam ideias geniais.

Devoradores de Estrelas, de Andy Weir
Livro Devoradores de Estrelas, de Andy Weir, publicado pela Editora Suma com tradução de Natalie Gerhardt

Devoradores de Estrelas
Autor: Andy Weir
Tradução: Natalie Gerhardt
Editora: Suma
Páginas: 424 | ISBN: 9788556511218
Para lerhttps://amzn.to/3eNOapp

Avaliação: 5 de 5.


Ósculos e Amplexos, Karina.

Sobre o autor

Biomédica por formação, bookaholic por paixão!

Sem comentários

    Deixe uma resposta