Menu
Resenhas

Pessoas Normais, de Sally Rooney

Pessoas Normais
Livro Pessoas Normais, escrito por Sally Rooney, publicado no Brasil pela Companhia das Letras com tradução de Débora Landsberg

Finalmente, eu li o livro Pessoas normais, da Sally Rooney e quero compartilhar com vocês o que achei e contar minhas impressões sobre essa leitura.

Na escola, no interior da Irlanda, Connell e Marianne fingem não se conhecer. Ele é a estrela do time de futebol, ela é solitária e preza por sua privacidade. Mas a mãe de Connell trabalha como empregada na casa dos pais de Marianne, e quando o garoto vai buscar a mãe depois do expediente, uma conexão estranha e indelével cresce entre os dois adolescentes – contudo, um deles está determinado a esconder a relação.

Um ano depois, ambos estão na universidade, em Dublin. Marianne encontrou seu lugar em um novo mundo enquanto Connell fica à margem, tímido e inseguro. Ao longo dos anos da graduação, os dois permanecem próximos, como linhas que se encontram e separam conforme as oportunidades da vida. Porém, enquanto Marianne se embrenha em um espiral de autodestruição e Connell começa a duvidar do sentido de suas escolhas, eles precisam entender até que ponto estão dispostos a ir para salvar um ao outro. Uma história de amor entre duas pessoas que tentam ficar separadas, mas descobrem que isso pode ser mais difícil do que tinham imaginado.

Sinopse: Companhia das Letras

Pessoas Normais chegou aqui no Prateleira de Cima através de troca no Skoob. Era um livro que tinha muita curiosidade em ler, desde que havia aparecido para mim pela primeira vez lá no Goodreads. O título original foi a primeira coisa que me chamou a atenção. E depois, quando lançou no Brasil, a comunidade leitora não parava de comentar sobre, o que acabou atiçando ainda mais essa curiosidade por ele.

Pessoas Normais

O livro Pessoas Normais é o tipo de leitura que curto muito: história de pessoas. No livro vamos conhecer a trajetória do relacionamento amoroso de Connell e Marianne, desde a escola até os anos da faculdade, passando pelos diversos momentos que estiveram juntos como um casal ou como amigos. A gente vai acompanhar o desenvolvimento e amadurecendo deles dois saindo da inocência e ingenuidade da adolescência para as dúvidas e confusões da juventude e tempos da faculdade.

O livro está dividido em capítulos de tamanho médio: em alguns, temos o narrador mostrando o que se passa na vida e também na mente de Connell. Já em outros capítulos, temos o mundo de Marianne sendo contado. O tempo é cronológico, mas usa do recurso de feedback para contar alguns fatos que estiveram presentes entre um capítulo e outro para dar contexto no que está acontecendo no presente.

O enredo foca na relação dos dois, na dificuldade em se relacionar um com o outro. Outro ponto que temos na história são as aflições de ambos personagens com todas as coisas que envolvem o começo da vida adulta: os medos, frustrações, decepções, e também o que está mais presente no livro: o de se preocupar com o que os outros acham.

O que achei de Pessoas Normais

Como falei antes, Pessoas Normais é o tipo de livro que curto muito ler. Sei que a história teve algumas controvérsias e aquele tipo que divide opiniões. Sally Rooney tem aos poucos marcado o seu nome na literatura irlandesa com suas obras que falam sobre coisas reais, sem muito floreios. Cornell e Marianne são pessoas facilmente encontradas na rua. Provável que somos um pouco deles também.

Pessoas Normais, de Sally Rooney
Livro Pessoas Normais, escrito por Sally Rooney, publicado no Brasil pela Companhia das Letras com tradução de Débora Landsberg

A narrativa é crua, quase rústica e acho que é isso que traz a parte interessante dessa obra. Fala de intimidade, de relação, de medo e frustrações sem sentimentalismos. E ao mesmo tempo tudo é tão cheio de sentido, tão concreto. Há uma linearidade no decorrer da história, não temos altos e baixos no enredo ou um plot twist de arrancar os cabelos. É quase monótono e mostra que boas leituras não precisam de reviravoltas extravagantes ou finais grandiosos.

O livro já foi adaptado para série e você pode conferir na plataforma de streaming Starzplay. Li alguns relatos que muita gente só conseguiu entender a história e intenções do livro depois de assistir a série.

Pessoas Normais é um livro que pode tirar o leitor da zona de conforto referentes a modelos de histórias que fazem sucesso e é uma super dica para quem curte romance contemporâneo e está atras de leituras como essa.

Avaliação: 4.5 de 5.

Pessoas Normais (Normal People)
Autor
: Sally Rooney | Tradução: Debora Landsberg
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 264 | ISBN: 9788535932560
Skoob | Goodreads
Para lerhttps://amzn.to/3cDkKsK


Mil beijos e até mais.

About Author

Karin Paredes, 34 anos, baixinha, tagarela, adora livros e bibliotecas. Bibliotecária, casada com o Eduardo. Carioca vivendo sonhos em São Paulo. No Prateleira de Cima, fala sobre livros, leituras, literatura e biblioteconomia.

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.