Resenhas

Apenas Amigos, de Christina Lauren

26 de agosto de 2019
Apenas amigos

Holland Bakker foi salva de um ataque no metrô pelo musicista irlandês Calvin McLoughlin. Como agradecimento, Holland o apresenta a um grande diretor de musicais e o que era uma tentativa despretensiosa se transforma numa chance inimaginável, pois, antes mesmo de perceber, Calvin foi escalado para um grande musical da Broadway! Ou quase… Até admitir que seu visto de estudante expirou e ele está no país ilegalmente.
Sem titubear, e com uma paixão crescente pelo rapaz que só ele ainda não percebeu, Holland se oferece para casar com o irlandês a fim de mantê-lo em Nova York. Conforme a relação dos dois se desenrola de “apenas amigos” a ”casal apaixonado”, Calvin se torna o queridinho da Broadway. No meio de tanto teatro e do gostar-sem-se-envolver, o que fará esse casal perceber que há muito amor verdadeiro em cena?

Fonte da sinopse: Universo dos livros

Já posso adiantar que as autoras são sempre garantia da sensação de coração quentinho, depois de uma série longuíssima que foi a do “Cretino irresistível” confesso que estava meio com o pé atrás de encarar um livro novo; mas assim que eu soube que Apenas Amigos seria um livro único bastou para que ele entrasse imediatamente no topo da minha lista de desejados. O título original em inglês “Roomies”, já indica aquele tom perfeito de filme que você adoraria ver num sábado a tarde e a leitura é exatamente nesse tom: leve e divertida.

Holland tem 25 anos, é formada na faculdade e tem mestrado em escrita criativa (apesar de viver um terrível bloqueio), mora em Nova Iorque, trabalha em um espetáculo que é o maior sucesso na Broadway como vendedora de suvenires e arquivista (um emprego arrumado pelo marido do tio dela que é também produtor musical da peça), além de ter um enorme crush num musico que toca na estação de metrô; Calvin é esse musico, ele é irlandês, talentosíssimos e gato.

É uma carta de amor – não dá pra negar – mas a coisa mais estranha é que tenho certeza de que essa carta de amor é para mim mesma.

Depois de tomar coragem liquida um dia, Holland resolve parar na estação e trocar duas palavras com seu crush, depois do dia em que trocaram algumas poucas palavras ela volta a estação de metrô em busca de mais uma conversa com Calvin, mas ela é ataca no metrô por um estranho. Calvin a salva porem fica uma situação bem mal explicada entre eles e depois do episódio do ataque eles meio que perdem o contato.

Robert (diretor musical e tio da Holland) está enfrentando um pequeno problema no trabalho, o contrato de um dos músicos está vencendo e ele precisa achar um substituto, uma vez que seus tios sempre fizeram de tudo por ela, o problema no trabalho que o tio enfrenta também se torna um problema para Holland, é aí que ela tem a brilhante ideia de levar o tio para escutar o Calvin imaginando que o tio fique tão impressionado quanto ela com o talento do musico.

Apenas amigos

O fato é que o cara realmente tem talento, e parece salvar a pele do tio de Holland além dela ter um motivo para estar sempre do Crush; com uma audição marcada com os demais executivos/ produtores da peça Calvin revela que é formado em música pela Juilliart e encanta a todos, quando a contratação está quase finalizada Calvin também revela que está ilegalmente no país.

Pró: ele é lindo. – (…) – Vamos começar por aí.
Contra: Essa ideia tem vários tons de ilegalidade.

Obviamente Holland irá tentar contornar a situação e salvar a pele de todos, a partir daí tantos os personagens principais quanto os secundários já ganharam nossos corações, com uma Nova Iorque de cenário e muita descrição musical “Apenas Amigos” é sem dúvida uma receita perfeita de sucesso.  A autora Christina Lauren já provou que é mestres em escrever cenas hots, mas aqui além de encontrarmos a qualidade de sempre há também uma doçura criada aos poucos na relação dos personagens que faz qualquer um soltar suspiros sem nem perceber.

Ele se vira e, por dez segundos, ficamos assim, olhando um para o outro. Estamos separados por meros trinta centímetros e posso ver as mãos dele tremerem. Ele esperou a vida toda por este momento.

O ritmo é bem leve e descontraído, uma relação que começou de maneira falsa claramente toma outros rumos, uma vez que sentimentos nunca são fáceis de explicar eles chegam rápido a conclusão que viver sob o mesmo teto que o crush pode tomar caminhos inesperados; com clichês sobre a mocinha desastrada e insegura e o galã reservado e apaixonado a maneira como o plot se desenvolve é o que garante o lugar do livro na prateleira dos meus queridinhos.

A capa está linda (quem não amo o skyline da cidade de NY?), a diagramação está bem confortável e o texto ainda apresenta caixas de textos quando os personagens trocam mensagens o que faz com que Apenas amigos seja facilmente lido em apenas um dia #PorUmaVidaMaisCheiaDeStandAlones.

Apenas Amigos   
Autor
: Christina Lauren | Editora: Universo dos Livros
Páginas: 368 | ISBN: 9788550303031
Skoob | Goodreads
Para lerhttps://amzn.to/2HslvWL
Ósculos e Amplexos, Karina.

Você poderá gostar de

Nenhum comentário
comentários pelo Facebook

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.