Sem categoria

Vamos ler Dom Quixote de La Mancha? | Diário de Leitura #01

19 de novembro de 2019
Dom Quixote

Oi, tudo bem com vocês?  Esse é um post um pouquinho diferente do que eu costumo fazer aqui, mas a Karin super me deu um espaço para trazer a leitura do Dom Quixote num modelo meio diferente, um modelo de projeto/diário de leitura! Já faz algum tempo que eu tenho como meta ler mais clássicos e quem sabe assim entender como um livro ou porque certas narrativas se tornam um clássico. O primeiro escolhido para ser compartilhado aqui no formato de diário de leitura foi Dom Quixote de La Mancha e o cavaleiro da triste figura, do autor espanhol Miguel de Cervantes Saavedra. Além desse livro virão muitos outros clássicos no formato tradicional de resenha, mas vamos descobrir primeiro como funciona o nosso escolhido da vez.

Finalmente, de tão pouco sono e muita leitura, seu cérebro secou e ele ficou completamente fora de si.

Miguel de Cervantes Saavedra, Dom Quixote
Dom Quixote de La Mancha

Livros clássicos muitas vezes já estão em domínio publico (o que significa basicamente que a obra pode ser publicada por diversas editoras) então a principio basta escolher qualquer edição e começar a leitura, porém como o texto as vezes pode influenciar muito na experiência de leitura, principalmente se for um gênero literário fora da nossa zona de conforto eu decidi escolher a edição da Penguin-Companhia (um selo da companhia das letras) porque além deles trabalharem com ótimas traduções os clássicos Penguin sempre contam com uma introdução feita por alguém especialista naquela obra/autor.

Nessa edição em especifico  a obra está dividida em 2 volumes, a tradução é do Ernani Ssó e logo nas primeiras páginas do volume 1 temos “notas sobre o texto” e “Reflexões de um escudeiro de Cervantes”;  a introdução é assinada pelo John Rutherford e no volume 2 temos  um posfácio assinado por Jorge Luis Borges e  Ricardo Piglia.

Como essa edição da Penguin está dividida em 2 tomos, eu não fiz nenhum cronograma de leitura dividindo capítulos porque esse tipo de leitura regradinha não combina muito comigo, mas se vocês quiserem ler nesse esquema de “X” capítulos em “N” dias compartilha por aqui como você dividiu sua leitura, qual edição está lendo, o único “cronograma” é que pretendo a principio ler Dom Quixote em no máximo três meses e a cada mês venho dar um update da leitura, no fim farei uma resenha como as demais aqui no blog!

Capa da primeira edição de Dom Quixote de La Mancha
Capa da primeira edição de Dom Quixote

Quando a própria vida parece lunática, quem pode saber onde está a loucura? Talvez ser demasiado prático seja loucura. Desistir de sonhos – talvez isto seja loucura. Demasiada sanidade talvez seja loucura – e a maior loucura de todas: ver a vida como ela é, e não como ela devia ser!

Miguel de Cervantes Saavedra, Dom Quixote

Por se tratar de um clássico acredito que todo mundo já deva ter ouvido falar do plot da história, visto alguma peça teatral (O musical “O Homem de La Mancha” uma adaptação dirigida pelo Miguel Falabella) ou adaptação cinematográfica (O Homem Que Matou Dom Quixote 2018) então para esse primeiro diário de leitura resolvi juntar alguns fatos que eu sei antes mesmo de começar a leitura:

  • Dom quixote é  por alguns considerado um romance que parodiava o gênero de escrita dos romances de cavalaria e outros consideravam uma homenagem ao gênero, enfim novelas de cavalaria era gênero textual principalmente escrito em prosa na idade medieval .
  • A  data da primeira publicação é de 1605 em Madrid na Espanha. A obra toda é composta por 126 capítulos a primeira parte publicada em 1065 e a 2 apenas em 1615.
  • Dom quixote é considerado o terceiro livro mais traduzido no  mundo.
  • E tem o posto de primeiro livro de ficção mais vendido do mundo.
  • A obra de Dom quixote não deixa legado apenas na literatura. Diversos pintores famosos também retrataram a obra e os personagens
Dom Quixote de La Mancha por Salvador Dalí
Dom Quixote de La Mancha por Salvador Dalí

A vida de qualquer leitor fica mais divertida com projetos literários e pelo pouco que sei da obra minhas expectativas estão razoavelmente altas, rs. A Karin tem aqui no blog e lá no youtube um projeto com os livros da Jane Austen, e agora convidamos vocês ao Dom Quixote, mas antes de começarmos essa aventura me diz aí, qual outro clássico ou autor você gostaria de ver em projetos assim ?

Ósculos e Amplexos, Karina.

Nenhum comentário
comentários pelo Facebook

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.